Início Cardiopneumologia Áreas de Intervenção
Prova de esforço PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
A prova de esforço ou electrocardiograma de esforço é um exame não invasivo que consiste na realização de um esforço padronizado, habitualmente em passadeira rolante, durante o qual se registam vários parâmetros.

Neste exame o coração é submetido ao stresse pelo exercício, de maneira a evidenciar sinais ou sintomas não existentes ou minimamente existentes em repouso.

Esta prova está indicada no diagnóstico e avaliação prognóstica de doença coronária, no estudo de arritmias induzidas pelo esforço e na avaliação após revascularização.

O exame é efectuado pelo Cardiopneumologista sob supervisão de um médico cardiologista, em que o técnico explica ao doente o tipo de exame que vai realizar, monitoriza o doente colocando os eléctrodos no tórax do doente para registo do ECG, e coloca uma braçadeira para medição da pressão arterial.

O doente inicia a marcha sobre a passadeira, e consoante o protocolo utilizado (como por exemplo, o protocolo de Bruce) existe um aumento da velocidade e da inclinação ao longo da prova, havendo uma visualização permanente por parte do Cardiopneumologista, do registo do ECG, avaliação da pressão arterial antes, durante e após o esforço, bem como avaliação dos sintomas e sinais clínicos e capacidade funcional.

O exame é terminado quando são atingidos os objectivos pretendidos ou aparecerem alterações que determinem a sua interrupção.